sexta-feira, 1 de junho de 2012

Templo Central “pega fogo” no segundo dia de Congresso de Mulheres da AD de Pernambuco




Manifestação de Deus se fez presente de forma intensa no templo-central durante todo o dia

A cada dia, em cada culto, uma nova e crescente manifestação de Deus no Templo Central. Esta é a tônica do 11º Congresso de Mulheres da Assembleia de Deus de Pernambuco, liderada pelo pastor Ailton José Alves. O culto da noite desta sexta-feira foi marcado pelo intenso poder do alto que desceu sobre a vida das congressistas e da igreja do Senhor.

Seja no louvor, nas saudações ou na ministração da Palavra, o culto, do começo ao fim, teve um toque especial do estado puro do fogo pentecostal ao qual a Assembleia de Deus está acostumada. O trabalho se iniciou logo cedo, às 8h, seguiu durante a tarde e emendou direto com o culto da noite. Em todas as reuniões, muitas mulheres, de todos os cantos de Pernambuco, lotaram a igreja para celebrar um genuíno culto ao Senhor.

À noite, Ivonaldo Albuquerque, Eliã Oliveira, Ivana Peres e Canção e Louvor louvaram a Deus com músicas dos seus repertórios. Também participaram no louvor as comissões de Petrolina (PE) e Maceió (AL). Outras caravanas de cidades do interior e de Estados vizinhos também se fizeram presentes ao evento.

Um dos grandes momentos marcantes do culto foi quando a cantora Eliã Oliveira entoou, junto com o Grande Coral de Mulheres, de 500 vozes, a música “Vencendo de Pé”, cujo trecho final foi cantado com muita alegria por toda a igreja, que se levantou dos bancos, com as Bíblias para o alto, acompanhando o coral. Veja no vídeo abaixo.



A ministração da Palavra, mais uma vez por conta do pastor José Lopes (EUA), foi uma continuação da mensagem anterior. Baseando-se em Apocalipse 5.4,5, o pastor falou acerca da visão que João teve de Jesus, aquele que resgatou a Sua igreja. Ele explicou que os tronos da terra não duram como trono do Senhor, visto por João, que é eterno. “Os tronos da terra são transitórios, mas o trono do céu nunca ficará vazio. Com Jesus está a primeira e a última palavra das coisas que controlam o universo”, disse.

Falando acerca do livro de sete selos, pastor Lopes explicou que se a escritura não fosse aberta, o crente estaria em apuros, mas Jesus, como parente remidor, pagou o preço com seu próprio sangue.

O pastor de New Jersey disse também que objetivo de Jesus sempre foi resgatar a humanidade, já que, segundo Apocalipse 5.5, Ele foi designado para tal. Como o Leão de Judá, Jesus está a guardar o Seu povo. “Um leão dá um rugido que alcança até oito quilômetros. E este Leão, que é o Senhor, está protegendo cada um de nós com oito quilômetros de circunferência. Ele é o nosso emblema, é a nossa marca”, afirmou.

Durante a ministração, o pastor convocou a igreja a levantar as mãos para o céu e proclamar “Digno é o Cordeiro!”. Foi uma apoteose de glória durante quase cinco minutos no templo-central. Em todos os locais da congregação, que recebeu um bom público nesta noite, havia som de glórias, aleluias e línguas estranhas. Um verdadeiro fogo pentecostal.

Por fim, o pastor José Lopes fez uma segura oração em prol dos enfermos e o convite às pessoas não crentes. Duas vidas aceitaram a Cristo. Ainda deu tempo para todas as irmãs, juntas e em pé, cantarem a música “Sobrenatural” com a cantora Eliã Oliveira. Em seguida, o pastor Ailton encerrou o trabalho e convocou a igreja para comparecer nos cultos neste fim de semana.

Veja as fotos do segundo dia do 11º Congresso de Mulheres da Assembleia de Deus de Pernambuco (clique nas imagens para ampliá-las).


























A-BD

0 comentários. Clique aqui e deixe o seu também!: